Descobre mais sobre a música de Xenoblade Chronicles 2!


27/11/2017

O aguardado Xenoblade Chronicles 2 chega à Nintendo Switch já no próximo dia 1 de dezembro! Em antecipação deste lançamento, convidamos-te hoje a descobrir um pouco mais sobre a música do jogo diretamente do produtor de música/som (PROCYON STUDIO), Yasunori Mitsuda. Tens ainda a possibilidade de ouvir uma amostra da faixa Shadow of the Lowlands, interpretada pelos irlandeses ANÚNA.

Eis o que Yasunori Mitsuda tem a dizer sobre a banda sonora do jogo…

Xenoblade Chronicles 2 foi o projeto maior e mais desafiante em que trabalhei. Consistiu numa série de processos, incluindo composição (escusado dizer), coordenação (para as sessões de gravação), produção (gestão de orçamentos), direção de som, gestão de prazos, revisão das peças de cada compositor, ajustes finais nas mesmas, impressão das partituras, supervisão dos controlos de som para a Nintendo Switch, etc.

Tive especial cuidado na escolha dos músicos e na eficiência nas sessões de gravação. Outro aspeto a salientar é que o projeto contou com músicos de várias partes do mundo, incluindo um coro da Eslováquia, uma orquestra do Japão, músicas interpretadas pela Jen Bird, da Inglaterra, e, finalmente, um grupo coral irlandês chamado ANÚNA. Uma das suas atuações está presente num vídeo musical. Foram feitos todos os géneros de música, pelo que tenho a certeza de que o jogo não vos maçará, independentemente do tempo que passem a jogá-lo.

Preview Image

Fui convidado pelo diretor Tetsuya] Takahashi (Taka-san) para participar no projeto de Xenoblade Chronicles 2 já em dezembro de 2014, o que me deixou bastante entusiasmado. Três meses depois, levámos a cabo uma reunião para discutir a direção da música e o som que Taka-san queria. Após alguns meses – quando a direção e a quantidade de música estavam definidas – tivemos outra reunião, com a ACE e [Kenji] Hiramatsu-san, para decidir quem comporia o quê. Embora geralmente tenhamos dividido a música de forma igual, penso que a decisão foi tomada sem problemas, considerando que o objetivo era deixar os fãs satisfeitos. Não queríamos estragar a imagem que havia sido estabelecida no primeiro Xenoblade Chronicles.

Todos os compositores estavam em contacto direto com Taka-san relativamente à música na qual estavam a trabalhar. No caso de algumas demos, o Taka-san telefonava-me a pedir a minha opinião sobre a música em questão. Depois, normalmente pensávamos a mesma coisa e concordávamos em algo como "Pois, talvez não fique muito bem assim". Quando o Taka-san rejeita uma demo, diz ao compositor exatamente o que é necessário de forma clara. Fá-lo colocando-se a si próprio na posição do compositor e escolhendo as palavras que emprega muito cuidadosamente, o que torna fácil efetuar quaisquer ajustes necessários.

Outra coisa: quando trabalho com o Taka-san, gosto de trazer para os projetos novos músicos ou música e no caso de Xenoblade Chronicles 2 quis trabalhar com o grupo coral irlandês ANÚNA. Pensei que o seu som característico seria capaz de exprimir o som místico e majestoso que se encaixa na atmosfera de Xenoblade Chronicles 2. Curiosamente, os ANÚNA estavam a planear vir ao Japão para um projeto diferente, pelo que lhes pedi logo uma sessão de gravação connosco. O que foi um milagre! As peças vocais que os ANÚNA interpretam são músicas importantes, cujas letras são escritas pelo próprio Taka-san. Talvez sejam capazes de compreender o jogo melhor depois de entenderem o significado do texto...

A primeira vez que ouvi o grupo irlandês ANÚNA foi no seu álbum Deep Dead Blue, lançado em 1996. Na altura, gostava muito da música do norte da Europa, incluindo a Finlândia, a Irlanda, a Escócia e a região do Mediterrâneo. Normalmente, a chamada "world music" consiste nos instrumentos característicos do país em questão, ao passo que os ANÚNA encontraram a sua forma de expressão através da voz humana, o que pode ser considerado o instrumento musical original. O álbum Deep Dead Blue impressionou-me verdadeiramente, uma vez que o coro não era clássico, nem gregoriano nem búlgaro. Era um novo tipo de coro que nunca ouvira antes.

Subscreve o canal no
YouTube

O vocalista, Michael McGlynn, era bastante apelativo e sonhei um dia poder criar música com este grupo. Vinte anos depois, o meu sonho concretizou-se com a criação do jogo Xenoblade Chronicles 2. Gravámos quatro peças no total, uma das quais se pode ver aqui num belíssimo vídeo musical com os ANÚNA. A peça chama-se "Shadow of the Lowlands" e no jogo pode ouvir-se no reino de Tantal. Tenho a certeza de que vos dará uma sensação estranha e misteriosa ao vaguearem por este reino. Espero que gostem do jogo e das sensações novas que vos proporcionará.

Para mais informações visita o site oficial de Xenoblade Chronicles 2. Não deixes também de seguir a nossa página da Nintendo Switch no Facebook e a nossa conta no Twitter para te manteres a par de todas as novidades.

Xenoblade Chronicles 2 estará disponível nas lojas e em versão digital na Nintendo eShop a partir de 1 de dezembro de 2017, em exclusivo para a Nintendo Switch. Nesse mesmo dia, serão lançados o conjunto Xenoblade Chronicles 2: Edição de Colecionador* e o Comando Pro da Nintendo Switch (edição Xenoblade Chronicles 2).

*Confere a disponibilidade desta edição na tua loja de videojogos.