Mensagem de Tatsuma Kimishima

Nintendo Co., Ltd.

Presidente: Tatsumi Kimishima

CI17_CorporateSocialResponsibility_2016_Kimishima.jpg

A responsabilidade social empresarial (RSE) é uma parte essencial do nosso trabalho. Estamos sempre à procura de novas formas de colocar um sorriso nos rostos das pessoas.

Colocar um sorriso no rosto de todos – este é o princípio sobre o qual assentam as atividades de RSE da Nintendo. Estas palavras expressam a nossa responsabilidade social enquanto empresa dedicada ao entretenimento e constituem precisamente a razão de ser da Nintendo. Esperamos promover as nossas atividades de RSE mantendo-nos fiéis às aspirações que herdámos do nosso anterior presidente, Satoru Iwata, falecido em julho de 2015.

Levar personagens da Nintendo a um público mais vasto do que nunca

Até agora a Nintendo tem trabalhado no sentido de expandir o seu público com base num compromisso para colocar um sorriso nos rostos dos fãs em todo o mundo através dos seus produtos e serviços. Agora queremos ir mais além e pretendemos expandir o público que entra em contacto com a PI (propriedade intelectual) da Nintendo.

Em setembro de 2015 celebrámos o 30.º aniversário de Super Mario Bros., que fez a sua estreia em 1985. É com muito orgulho que vemos que o Mario, a personagem principal deste jogo, é conhecido em todo o mundo e adorado por pessoas de todas as gerações. Com o mesmo prazer reconhecemos que também personagens recentes, como as de Splatoon - lançado em maio de 2015 - foram tão bem recebidas.

Antes, a utilização da PI da Nintendo centrava-se maioritariamente em consolas de videojogos. Queremos agora apelar a um grupo mais amplo que vai para lá do que usa neste momento as nossas consolas, desde fãs de longa data até aos que nunca experimentaram os nossos videojogos. A essas pessoas queremos trazer um sorriso, enquanto experienciam os nossos produtos e serviços e descobrem as possibilidades do entretenimento.

Avaliar e abordar com precisão as necessidades locais

Para além de perseguir o objetivo principal de colocar sorrisos nos rostos dos nossos consumidores, a Nintendo reconhece a necessidade de ser flexível na forma como aborda matérias que se tornam cada vez mais complexas e variadas. Não podemos limitar-nos a aplicar métodos japoneses a empresas do Grupo Nintendo em todo o mundo. O nosso dever é, antes, procurar entender cada situação específica no contexto da sua região para determinar a abordagem mais adequada.

No que diz respeito a questões de diversidade ou utilização de recursos humanos, por exemplo, focamo-nos na carreira profissional das mulheres no Japão. No entanto, cada país e região lida com as suas próprias necessidades e situações. Para podermos tratar estas diferenças de forma adequada, partilhamos a nossa missão global para respeitar os direitos humanos e evitar a discriminação, o que colocamos em prática identificando os desafios específicos de cada região. Quando se trata de incorporar talento de uma vasta gama de culturas, a empresa matriz tem muito a aprender com algumas empresas do grupo Nintendo estrangeiras, que contam com iniciativas mais avançadas nesta área.

Durante muito tempo abordámos problemas ambientais em parte limitando o consumo de energia com designs de consolas focados na poupança de energia e procurando utilizar energia renovável em todas as nossas sedes. Mais uma vez, o enfoque nesta questão difere consoante a região. Para abordar este tópico, a Nintendo poderá ter de levar a cabo diversas medidas.

No relatório de RSE deste ano incluímos uma secção em que o dirigente máximo de cada região partilha a sua visão sobre os assuntos relativos à RSE e a forma como está a abordá-los. Com isto propomos ilustrar mais pormenorizadamente cada uma das atividades de RSE levadas a cabo em cada região.

Escusado é dizer que existem questões que a Nintendo deve abordar de forma global, mas para colocar um sorriso no rosto de todos, é importante que as pessoas que melhor conhecem cada região empreguem, proativamente, estratégias de âmbito local.

Habilitar os funcionários a criar o futuro

A indústria dos videojogos está em constante mudança e pode ser difícil prever a forma como evoluirá, inclusivamente a poucos anos adiante. Para podermos surpreender continuamente os nossos consumidores e exceder as suas expectativas, guiamo-nos por um sistema de valores baseado em três elementos: originalidade, flexibilidade e sinceridade. Estes formam o DNA da Nintendo.

Um forte espírito criativo é essencial para o crescimento da Nintendo. O valor do entretenimento reside em ser diferente e em ser capaz de enfrentar desafios sem receio do fracasso. É igualmente importante pensar no que é necessário agora e não estar preso ao passado, para que possamos ser flexíveis e adaptar-nos a quaisquer mudanças. Além disso, a Nintendo recebe o apoio de inúmeros grupos de interesse e deve tratar com sinceridade todos aqueles que alcança.

Ao fomentar um ambiente em que as pessoas não receiam experimentar soluções criativas, a Nintendo preserva o seu DNA e aumenta o valor da empresa. Para poder cumprir totalmente o objetivo de colocar sorrisos nos rostos das pessoas e de lhes proporcionar surpresas, a Nintendo aspira a ser uma organização que promove cooperação equilibrada entre funcionários novos e empregados mais experientes. No último ano fiscal demos início ao processo de reorganização interna a fim de estabelecermos uma estrutura adequada aos desafios que o futuro trará.

Colocar um sorriso nos rostos de todos não é tarefa fácil para a Nintendo. Mas do mesmo modo que nos esforçaremos por proporcionar surpresas e sorrisos através dos nossos produtos, continuaremos a promover atividades RSE em países de todo o mundo.

Mensagem de Satoru Shibata

Todas as atividades locais em 2016

Relatório de RSC de 2016 (versão integral)