Desafia a gravidade

Aplica-se a: Wii


Na sua mais recente aventura, Mario explora um quantidade de planetas bonitos mas esquisitos onde existe uma grande variedade de ambientes e formas de vida. Evidentemente, Mario, como aventureiro perito que é, fará bom uso da sua experiência para sair airoso de qualquer situação. Mas existe um pequeno detalhe com o qual não tinha tido de lidar em aventuras passadas: um novo inimigo, se é que se pode chamar assim, que pode colocá-lo em sérios apuros se não tiver cuidado - a gravidade.

Ao controlar Mario, aquela certeza que tinhas de que os seus famosos saltos o levariam são e salvo para a plataforma seguinte pode ter passado à história porque no Espaço tudo o que sobe não tem necessariamente de descer. E se juntares a isto o facto de que cada planeta pode ter a sua própria força de gravidade, verás como os efeitos da leveza poderão virar a última aventura de Mario do avesso.

No abismo
Ao princípio pensarás duas vezes quando tiveres de guiar Mario até ao extremo da superfície em que se encontra. Depois de tudo, com um infinito manto de estrelas a abarcar o resto do cenário não parece ser sensato estares mesmo na beirinha do abismo. Mas dar um grande salto para o desconhecido é um passatempo bastante seguro. Na verdade, simplesmente andar pelo que parece a beira poderá não ser mais do que um pequeno passo para o outro lado da superfície. Claro que Mario andará de cabeça para baixo mas o facto de o seu chapéu ainda não ter caído é prova de que permanece em terra firme.

O peso
Cada planeta tem a sua própria força da gravidade, por isso os saltos de Mario não serão iguais em todas as partes. Isto pode levar-te a dar pequenos saltitos ou a flutuares numa imprevisível corrente de ar dentro da atmosfera de um planeta. Mas, por outro lado, existe sempre a possibilidade de que Mario não desça depois de um salto. Saltar a partir de determinadas superficies fará com que Mario caia à mercê dos efeitos gravitacionanis de um planeta vizinho. Nesse caso, ficará suspenso no ar por um instante antes de girar sobre si mesmo e tocar na terra do novo planeta. Se tudo isto te enjoa, não te preocupes. Dentro de pouco tempo descobrirás o prazer de tirar partido das forças da gravidade em teu próprio beneficio, como quando dás saltos estratosféricos para chegar a zonas que de outra forma estariam fora do teu alcance.

A força de atração das estrelas
Outra forma de ultrapassar os limites é usar as Pull Stars, que podem aparecer em qualquer parte e costumam ser a única forma de avançar. Ao apontar para as Pull Stars com o Comando Wii e premir o Botão A ativa-se o poder de atração das estrelas, elevando Mario do solo e colocando-o em órbita como se de outro astro se tratasse. A diversão começa quando Mario tem de se deslocar por várias Pull Stars para conseguir chegar ao seu destino. Enquanto soltas o Botão A, Mario começa a perder a segurança da Pull Star, precipitando-se lentamente até ao espaço. Só tens de apontar e ativar a seguinte Pull Star para te certificares de que Mario não acaba à mercê da gravidade zero.

Como quando saltas de um campo gravitacional para outro, usar Pull Stars é algo estranho ao início. Mas desde que o domines, verás que cruzar o espaço pode ser do mais artístico e criativo que há. Por exemplo, se te dirigires até a uma Pull Star mas apontares para outra quando te estás a deslocar, alterarás a trajetória que segues no espaço e poderás conseguir essas preciosas moedas que pareciam inalcançáveis ou poderás evitar esses obstáculos à primeira vista. Ao usar as Pull Stars de esta forma, tirarás o maior partido da tua leveza e guiarás Mario pelo espaço com a maior das facilidades.

Luz estelar, brillo estelar
Se achavas que já tinhas visto tudo com as anteriores aventuras de Mario, esta surpreender-te-á. Em Super Mario Galaxy, o canalizador não se limita a desbravar terreno virgem, ele lança-se no espaço sideral! Prepara-te para abandonar os confins do planeta e para te lançares para um novo tipo de aventura que te fará jogar com a gravidade em lugares que jamais imaginaste!