História da Nintendo

Pioneira mundial na criação de entretenimento interativo, a Nintendo Co., Ltd., com sede em Quioto (Japão), fabrica e distribui hardware e software para as consolas de sala Wii U™ e Wii™, para a Nintendo 3DS™ e Nintendo 2DS™, e para a família de consolas portáteis Nintendo DS™. Desde 1983, quando lançou a Nintendo Entertainment System™ (NES), a Nintendo vendeu mais de 4,4 mil milhões de videojogos e 696 milhões de unidades de hardware em todo o mundo, incluindo as consolas da atual geração, a Wii U, a Wii, e as consolas da família Nintendo 3DS incluindo a New Nintendo 3DS™, a New Nintendo 3DS XL™, a Nintendo 3DS, a Nintendo 3DS XL™, a Nintendo 2DS, a Nintendo DS, a Nintendo DSi™, a Nintendo DSi XL™, assim como a GameBoy™, a GameBoy Advance™, a Super NES™, a Nintendo 64™ e a Nintendo GameCube™. Criou ainda ícones da indústria como Mario™, Donkey Kong™, Metroid™, Zelda™ e Pokémon™. Como empresa subsidiária, a Nintendo Ibérica S.A., com sede em Madrid e Lisboa, atua como centro de operações da Nintendo em Espanha e Portugal.

História da Nintendo

1889

1980

2000

2011

 

História da Nintendo 1889 - 1979

1889

Em Quioto, Fusajiro Yamauchi começa a fabricar Hanafuda (flor), um jogo de cartas japonês.


1902

O Sr. Yamauchi começa a fabricar os primeiros baralhos de cartas estilo ocidental no Japão. Inicialmente, estavam destinadas à exportação, mas o produto alcança uma popularidade tão grande no Japão como no resto do mundo.


1933

É criada a empresa Yamauchi Nintendo Co. Ltd.


1947

Criação da empresa de distribuição Marufuku Co. Ltd.


1950

Hiroshi Yamauchi é nomeado Presidente e dirige o processo de produção da Yamauchi Nintendo Co. Ltd.


1951

O nome da empresa é alterado para Nintendo Playing Card Co. Ltd.


1952

As fábricas consolidadas da empresa são construídas em Quioto, Japão.


1953

A Nintendo Playing Card Co. Ltd. é a primeira empresa a ter sucesso na produção massiva de cartas de plástico no Japão.


1959

A empresa começa a vender cartas com personagens de Walt Disney impressas, abrindo um novo mercado de baralhos de cartas para crianças. O departamento de cartas expande-se de forma impressionante.


1962

As acções da empresa são cotadas na segunda sessão da Bolsa de Osaka e Quioto.


1963

A empresa altera o seu nome para Nintendo Co., Ltd, e começa a fabricar jogos, para além dos baralhos de cartas.


1969

Expansão do departamento de jogos e construção de uma fábrica de produção em Uji City, nos arredores de Quioto, Japão.


1970

As acções da empresa são cotadas na primeira sessão da Bolsa de Osaka. Termina a construção e ampliação da sede central da empresa. Início da venda da série Beam Gun, que utiliza a tecnologia opto-electrónica. Pela primeira vez no Japão, incorpora-se a electrónica na indústria dos jogos.


1973

O sistema de disparo laser, desenvolvido pela empresa, substitui o bowling como principal passatempo no Japão.


1974

A Nintendo desenvolve um sistema de protecção de imagem e utilização de projector de 16 mm em salas de jogos. Começa a exportação para a Europa e América.


1975

Em colaboração com a Mitsubishi Electric, desenvolve-se um sistema de videojogos utilizando um gravador de vídeo electrónico (EVR, electronic video recording).


1976

Introdução do microprocessador nas consolas de videojogos.


1977

Desenvolvimento de videojogos para uso doméstico em colaboração com a Mitsubishi Electric. Desenvolvem-se as primeiras consolas domésticas: "Tv Game 15" e "TV Game 6".


1978

Em março, a Nintendo lança um jogo Arcade baseado no jogo de mesa Othello: Computer Othello. Num ecrã, peças de Othello verdes, brancas e pretas são substituídas por quadrados e símbolos, respectivamente. O Computer Othello não tem joystick, mas sim 10 botões de cores por jogador.


1979

Minoru Arakawa, genro do director japonês da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, inaugura a Nintendo América na cidade de Nova Iorque. A Nintendo abre um departamento de máquinas de jogos operadas com moedas.

 

História da Nintendo 1980 - 1980

1980

Criação da filial subsidiária em Nova Iorque, Nintendo of America Inc.. Começa a vender-se no Japão a linha de produtos GAME & WATCH, os primeiros videojogos portáteis LCD com microprocessador.

O artista da Nintendo, Shigeru Miyamoto, criou o jogo Donkey Kong. O herói, originalmente designado de Jumpman, é um carpinteiro ansioso por salvar a sua namorada, Pauline, de um macaco enlouquecido. Posteriormente, aquando do estabelecimento da sede da Nintendo of America pela Nintendo Co., Ltd,.o nome Jumpman foi alterado para Mario.


1981

A Nintendo desenvolve e distribui o videojogo de funcionamento com moeda Donkey Kong. Este jogo torna-se rapidamente o jogo mais vendido nesta categoria.


1983

Criação de uma nova fábrica em Uji para aumentar a capacidade de produção e permitir a expansão comercial da empresa. Em julho, as acções da empresa são cotadas na primeira sessão da Bolsa de Tóquio. Começa o desenvolvimento do videojogo para a consola Family Computer (Famicom), com utilização de uma CPU (Central Processing Unit) e PPU (Picture Processing Unit).


1984

A Nintendo desenvolve e comercializa o VS. System, o videojogo com ecrã duplo, de funcionamento com moeda. É lançada a consola Famicom no Japão. Passa a chamar-se Nintendo Entertainment System - NES - quando é lançada no resto do mundo. Entre os títulos disponíveis encontram-se Excitebike, Super Mario Bros., Metroid, The Legend of Zelda e Punch-Out! Mario e o seu irmão Luigi tornam-se famosos e o jogo para NES Super Mario Bros. é um sucesso em todo o mundo. Algumas pesquisas revelam que as crianças estão tão familiarizadas com o Mario como estão com o Rato Mickey ou Bugs Bunny.


1986

É lançada na Europa a Nintendo Entertainment System. Acompanhada por clássicos como Super Mario Bros., The Legend of Zelda e Excitebike, a NES torna-se um grande sucesso em quase todos os lares europeus. Desenvolve-se e comercializa-se o Family Computer Disk Drive System no Japão para aumentar as funções do Family Computer. Também no Japão começa a instalação do Disk Writer para gravação de software.


1987

Patrocínio no Japão de um Family Computer "Golf Tournament", como prova de comunicação utilizando a rede de telefones pública e Disk Faxes para assistir à criação de uma rede Family Computer.


1988

A empresa investiga e desenvolve um comando Hands Free. Desta forma, a consola NES torna-se acessível a um maior número de fãs da Nintendo e o número de videojogos aumenta para 65 títulos, aumentando o interesse também nos adultos.


1989

É apresentado a Game Boy no Japão, a primeira consola portátil com cartuchos de jogos inter-mutáveis. O jogo Tetris para Game Boy é lançado em todo o mundo.


1990

O Japão entra no mercado dos sistemas 16 bits e lança, no Outono, o Super Famicom, enquanto a consola Game Boy é lançada na Europa e rapidamente se torna num enorme sucesso a nível mundial!

Em junho, a Nintendo of Europe instala-se em Grossostheim, na Alemanha, como subsidiária com propriedade absoluta.


História da Nintendo 1991 - presente

1992

A Super Nintendo Entertainment System (Super Famicom) é lançada na Europa em junho. São vendidas mais de 46 milhões de unidades no mundo. No Japão são lançados Super Scope (acessório para a Super NES), Mario Paint e o acessório Super NES Mouse. É lançada também para a Super NES a esperada sequela de Zelda, The Legend of Zelda: A Link to the Past.


1993

É anunciada a chegada do chip Super FX, uma tecnologia de vanguarda para consolas domésticas. O primeiro jogo a utilizar o Super FX Chip é o Starwing, lançado em abril.

Estabelece-se a Nintendo of Netherlands que recebe a transferência dos produtos Nintendo, que anteriormente eram distribuídos e geridos nos Países Baixos pela Bandai. Estabelecem-se também filiais em França, Reino Unido, Espanha, Bélgica e Austrália.


1994

É lançado o acessório Super Game Boy, aumentando assim o número de jogos compatíveis com a Super NES. A heroína preferida de todos, Samus, volta com uma aguardada continuação em Super Metroid. A Nintendo ajuda a desenvolver e implementar um sistema de classificação nos E.U.A que abarca toda a indústria de videojogos a nível mundial. Nesse ano é apresentado um jogo que cria elevados padrões de qualidade - aplicando gráficos Advanced Computer Modeling (ACM), Donkey Kong Country é um enorme sucesso no mercado americano.

É lançado o Nintendo Gateway, com unidades de Super Nintendo Entertainment System e uma seleção de jogos para SNES especialmente desenhados para entreterem os passageiros.


1995

Graças ao extraordinário sucesso de Donkey Kong Country, os gráficos ACM adaptam-se à consola Game Boy com Donkey Kong Land. Paralelamente, a Nintendo introduz a série Play It Loud!, consolas Game Boy com capas de diferentes cores. Os gráficos ACM aparecem novamente no Super NES com o lançamento do êxito Killer Instinct. No Japão, a Nintendo começa a vender o adaptador SatellaView para Super Famicom, que permite a transmissão digital de dados através de satélite. Ao mesmo tempo, a Nintendo apresenta a consola Virtual Immersion de 32 bits conhecido como Virtual Boy.

A Nintendo responde aos pedidos de mais jogos de plataformas por parte dos fãs, com o lançamento de Yoshi's Island. Melhora, igualmente, a qualidade dos gráficos ACM no lançamento iminente de Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest. Cruis'n USA e Killer Instinct também aparecem nas salas de jogos locais. A empresa comemora a produção de mil milhões de cartuchos!


1996

A 23 de junho é lançada no Japão a Nintendo 64. Milhões de pessoas fazem fila para serem os primeiros a desfrutar da primeira consola de 64 bits. Vendem-se mais de 500 mil unidades no primeiro dia.

No início de setembro é lançada uma outra consola: Game Boy Pocket da Nintendo; uma versão elegante 30% mais pequena da consola portátil mais popular do mundo.

Super Mario 64 foi considerado por muitos "o melhor videojogo de todos os tempos." Entretanto, a Super NES assiste ao lançamento do terceiro jogo na continuada série Donkey Kong, Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble. Pokémon, um novo fenómeno no mundo dos videojogos para Game Boy, é lançado no Japão a 26 de fevereiro.


1997

Em março, é lançada no mercado europeu a Nintendo 64, com vendas de 2,3 milhões de unidades no primeiro ano. A Nintendo cria o Rumble Pak, que permite que o jogador sinta as vibrações provocadas pela ação do jogo.


1998

A Nintendo apresenta a Game Boy Color e acessórios inovadores como a câmara e a impressora da Game Boy, dando ainda mais vida ao êxito de maior duração na história do entretenimento interativo.

As consolas Game Boy Color têm agora duas novas cores: roxo e roxo-claro.

É lançado o jogo que mais expectativas criou, The Legend of Zelda: Ocarina of Time para Nintendo 64, tornando-se um sucesso e estabelecendo um recorde de encomendas.


1999

A Nintendo lança o Pokémon na Europa a 8 de outubro. A Nintendo desenvolve o seu arquivo de software de alta qualidade com títulos inovadores como Pokémon Snap e Pokémon Pinball, sendo que este último oferece uma função integrada de vibração. São lançados êxitos como Mario Golf, Donkey Kong 64 e Perfect Dark. Também durante o verão, a gama de capas coloridas aumenta a coleção com vermelho, verde, amarelo e azul.

A Nintendo anuncia, pela primeira vez, a sua ideia de criar uma consola com processador IBM Gekko e tecnologia DVD de Matsushita.

 

2000

A Nintendo Game Boy torna-se a consola mais vendida com vendas superiores a 100 milhões. Entretanto, a série Pokémon continua a ser um fenómeno mundial e a Nintendo comemora o seu sucesso com uma edição limitada do Pikachu Nintendo 64. A N64 aumenta o seu arquivo de clássicos com êxitos como The Legend of Zelda: Majora's Mask, Ridge Racer 64 e Mario Tennis.

A Nintendo of the Netherlands assume a responsabilidade pelo mercado belga e holandês e muda o seu nome para Nintendo Benelux. Entretanto, a sede da Nintendo Co., Ltd muda-se para Minami-ward de Quioto, Japão.


2001

A Nintendo UK é criada em janeiro e um novo escritório é inaugurado em Slough, Berkshire, Reino Unido. Os Pokémon Gold e Silver para a Game Boy Color são lançados simultaneamente e com um grande sucesso.

Na Europa, a 6 de abril de 2001. No fim do semana do seu lançamento, um milhão de unidades são vendidas, tornando-se o jogo mais rapidamente vendido na Europa. A Game Boy Advance é lançada a 21 de março no Japão, 11 de junho nos E.U.A. e 22 de junho na Europa. Torna-se a consola vendida com mais rapidez, com 500 mil unidades vendidas na primeira semana na Europa. Os sucessos do lançamento da Game Boy Advance incluem os favoritos Super Mario Advance e F-Zero: Maximum Velocity.

A Nintendo GameCube é lançada a 14 de setembro de 2001 no Japão e 18 de novembro de 2001 na América. Ao todo, 2,7 milhões de unidades são enviadas até dezembro, das quais 95% são vendidas. O sucesso de vendas de Luigi's Mansion e Super Smash Bros. Melee marca tanto os jogos populares como títulos-chave para a consola.

É lançada a consola Game Boy Advance e-Reader no Japão a 1 de dezembro, que dá um novo significado à jogabilidade portátil. Os dados armazenados nos cartões Card-e podiam transferir-se através do Card-e Reader e assim passar para Game Boy Advance.


2002

A Nintendo Itália é criada a 2 de janeiro e inaugura um escritório em Milão. Game Boy Advance - agora disponível nas novas edições Preto e Platina - atinge a barreira dos 5 milhões de unidades de hardware em toda a Europa.

Pokémon mini, a consola mais pequena do mundo, é lançada a 15 de março em toda a Europa, com quatro jogos, incluindo Pokémon mini Party e Pokémon mini Pinball.

A Nintendo, Sega e Namco anunciam o desenvolvimento conjunto de uma placa gráfica 3D para computador, TRIFORCE, a 22 de fevereiro, para a nova geração de máquinas de salões de jogos. A Nintendo GameCube é lançada na Europa a 3 de maio com 1 milhão de unidades, um preço de revenda de €199 e 20 jogos iniciais, aos quais se juntam a espetacular aventura de Mario, Super Mario Sunshine, o revolucionário comando sem fios Nintendo WaveBird e mais de 100 jogos de todos os géneros e caraterísticas.

No fim de maio, após 52 anos à frente da empresa, Nintendo Co., Ltd, o Presidente Hiroshi Yamauchi anuncia a sua reforma, nomeando Satoru Iwata como o seu sucessor. No final de 2002, mais de 25 milhões de unidades Game Boy Advance tinham sido vendidas.


2003

Em março é lançada a Game Boy Advance SP e torna-se num enorme sucesso com o novo design inteligente em forma de concha. A nova consola tem sucesso imediato.

Também ocorre em março o lançamento do impressionante Metroid Prime, aclamado por fãs e crítica como um dos melhores jogos desenvolvidos para a Nintendo GameCube. O esperado The Legend of Zelda: The Wind Waker chega em Maio de 2003 para comemorar o primeiro ano de vida da Nintendo GameCube, trazendo uma das estrelas da Nintendo com um impressionante estilo cel-shaded.

Em junho, o lançamento de Game Boy Player para a Nintendo GameCube torna possível que os jogadores experimentem os jogos para as consolas Game Boy e Game Boy Advance nas suas televisões. Com o lançamento de Pokémon Ruby e Sapphire em julho, o fenómeno Pokémon surge pela primeira vez na Game Boy Advance.

Em outubro assistimos ao regresso do aclamado Mario Kart:Double Dash!! para a Nintendo GameCube.


2004

Em janeiro é anunciada a "consola mistério" da Nintendo: a Nintendo DS, uma consola portátil de ecrã duplo com tecnologia Touch Screen.

No outono são lançados os jogos Pokémon FireRed e LeafGreen para a Game Boy Advance, dando continuidade ao sucesso do fenómeno Pokémon.

Em 2004 chegam também várias edições especiais para a Game Boy Advance: Tribal Edition (junho), Classic NES Edition (julho), Limited Pink Edition (outubro), Zelda Limited Edition (novembro) e Mario Limited Edition (novembro) são lançados em toda a Europa.

No final do ano, a Nintendo DS é lançada nos E.U.A e Japão com um sucesso imediato. A consola de ecrã duplo, com modo multijogadores sem fios, tecnologia Touch Screen e compatibilidade com o catálogo de jogos para a Game Boy Advance.


2005

A 11 de março de 2005 é lançada na Europa a Nintendo DS, tendo alcançado um sucesso imediato. Até junho tinha sido vendido um milhão de consolas em toda a Europa.

Entretanto, a Nintendo apresenta a Game Boy Micro. Com apenas dez centímetros de largura e cinco de altura, a incrivelmente moderna e elegante Game Boy Micro inclui um ecrã retroiluminado de máxima nitidez.


2006

Em 2006, a Nintendo DS chega ao topo dos videojogos como a consola portátil mais vendida, graças a um catálogo de jogos para todo o mundo. Os jogadores de toda a Europa rendem-se ao Animal Crossing: Wild World, New Super Mario Bros e Metroid Prime Hunters.

Com Nintendogs, estreia-se a coleção Touch! Generations, uma série de títulos que oferecem jogos diferentes de qualquer outro. Dr. Kawashima's Brain Training - o título de topo da Touch! Generations - torna-se um êxito mesmo entre pessoas que nunca tinham jogado.

A Nintendo DS muda a sua aparência em junho, com a Nintendo DS Lite, que apresenta ecrãs mais brilhantes e um design mais apelativo.

O ano termina com o lançamento da Wii. A nova consola, com o seu sistema de controlo inovador, conquista o público tanto entre os fãs da Nintendo como entre aqueles que, normalmente, não utilizam videojogos. O sucesso da consola intensifica-se com títulos como Wii Sports e o novo jogo da série Zelda, The Legend of Zelda: Twilight Princess.

Antes do lançamento da Wii, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, realizou uma série de entrevistas internas com membros da Nintendo, assim como com criadores externos, oferecendo uma perspetiva mais profunda sobre os bastidores da empresa e ao processo que envolve trazer novo hardware e software para o mercado. A série de entrevistas "Iwata Pergunta" seria continuada em anos vindouros, revelando muitas vezes informações sobre os procedimentos da empresa, tanto passados como presentes.


2007

Com a emergência da Wii no final de 2006, o ano de 2007 foi palco de uma série de títulos adequados às caraterísticas únicas desta consola que abriu as portas a todo um novo público.

Jogos como WarioWare: Smooth Moves, Endless Ocean e Big Brain Academy for Wii convidaram todos a mergulhar na diversão independentemente da sua experiência prévia, enquanto a chegada de Super Mario Galaxy e Metroid Prime 3: Corruption trouxe as famosas séries da Nintendo de volta à vida.

Os fãs de jogos clássicos regozijaram-se em setembro quando o primeiro Festival Hanabi foi celebrado no serviço Consola Virtual. Milhões de jogadores de Wii em toda a Europa puderam deitar as mãos a títulos como Super Mario Bros.: The Lost Levels pela primeira vez já que o Festival Hanabi lançou clássicos inéditos na Europa.

O Canal Mii Contest foi lançado na Wii em novembro, permitindo aos jogadores submeterem personagens Mii criadas por eles próprios em concursos temáticos. O Canal fornece aos jogadores ferramentas que lhes permitem exprimir a sua criatividade e envolver-se mais ativamente nos produtos Nintendo, destacando ainda mais a passagem de jogadores passivos a ativos.

Na Nintendo DS, Sight Training: Enjoy Exercising and Relaxing your Eyes, assim como Dr Kawashima's Brain Training, expandiram a gama de software Touch! Generations e continuaram a atrair novos utilizadores, um feito também atingido pela nova aventura da série The Legend of Zelda, Phantom Hourglass, que convidou os jogadores a controlar a ação no Ecrã Táctil da Nintendo DS.

O dia 6 de dezembro foi a data de lançamento do novo site da Nintendo of Europe. Dizendo adeus às cores roxas da Nintendo GameCube e GameBoy Advance, o novo site tenta transmitir o aspeto da Nintendo DS e da Wii.

Link's Crossbow Training chegou com o Wii Zapper também em dezembro, expandindo as formas de toda a gente desfrutar da Wii e fechando um ano em que novos públicos experienciaram jogos pela primeira vez através das consolas Nintendo.


2008

Com um número crescente de pessoas a descobrir os videojogos pela primeira vez na Wii e na Nintendo DS e com a base de fãs de longa data a manter-se, 2008 assistiu ao lançamento de mais software que rapidamente chegou aos corações do público.

Em abril, Wii Fit e Wii Balance Board tomaram a Europa de assalto, convidando famílias inteiras a divertir-se em casa ao mesmo tempo que se tornavam mais conscientes dos seus níveis de boa forma. Mais tarde nesse ano, o lançamento de Mario Kart Wii e do acessório Wii Wheel juntou jogadores de todas as idades e níveis de experiência para clássica ação Mario Kart que era, ao mesmo tempo, simples para principiantes e desafiante para peritos.

Dando continuidade à tendência na Nintendo DS, Professor Kageyama's Maths Training e Cooking Guide: Can't Decide What To Eat? alargaram as utilizações tradicionais dos sistemas dos jogos transformando a matemática em pura diversão e dando uma ajuda na cozinha, enquanto a chegada de Professor Layton and the Curious Village pôs novos e velhos jogadores a coçar a cabeça procurando soluções para puzzles problemáticos.

O mês de maio assistiu ao lançamento de WiiWare, um serviço de download de jogos que ofereceu aos proprietários de consolas Wii um rol de novos e variados títulos que poderiam ser adquiridos a partir do conforto dos seus sofás através do Canal Wii Shop. Outro novo serviço, o Canal Nintendo, foi também lançado na Wii, oferecendo aos utilizadores acesso a informações, notícias e entrevistas relativas a lançamentos próximos.

Em junho, o site da Nintendo of Europe deu as boas-vindas a outro país: a África do Sul.

No final do ano, mais dois títulos de grande importância foram lançados para a Wii. A entrada de Shigeru Miyamoto no género de jogos de música, Wii Music, permitiu às famílias juntarem-se e experimentarem livremente a simulação de uma grande variedade de instrumentos musicais. A fechar o ano esteve Animal Crossing: Let's Go to the City, que trouxe consigo o acessório Wii Speak, ligando salas de estar em todo o mundo através da Internet, permitindo assim aos jogadores falarem entre si ao visitarem as cidades uns dos outros no jogo.


2009

Em março de 2009, a Nintendo Ibérica S.A. abriu uma sede em Lisboa para fornecer serviços comerciais e de Marketing em Portugal, reforçada pela inauguração do site oficial português. No mesmo mês a Nintendo anunciou também o despacho da sua milionésima consola Nintendo DS em todo o mundo.

Um mês depois, a série de consolas Nintendo DS cresceu com a chegada da Nintendo DSi à Europa. A nova consola portátil incluía uma câmara e novas funcionalidades de som que levaram a experiência DS a um novo nível.

Outra grande novidade foi o serviço Nintendo DSiWare, que permite aos jogadores descarregarem uma lista crescente de jogos e aplicações para dar à sua consola um toque ainda mais pessoal. Entre os lançamentos notáveis que deram aos jogadores uma plataforma para usarem a sua criatividade estão Mario vs. Donkey Kong: Minis March Again, que permite aos jogadores criar e partilhar os seus próprios níveis, e Flipnote Studio, dando o mote para que toda uma comunidade de aspirantes a animadores partilhasse as suas animações artesanais com o mundo.

O ano de 2009 assistiu também ao lançamento do tão aguardado Pokémon Platinum Version, assim como de Professor Layton and Pandora's Box, enquanto o fenómeno de jogo ativo se estendeu à Nintendo DS com o lançamento de "Walk With Me: Do You Know Your Walking Routine?" (não comercializado em Portugal) que permite aos jogadores manter o registo das suas rotinas de caminhadas de forma divertida.

No verão, as coisas aqueceram com o lançamento de Wii Sports Resort, acompanhado do acessório Wii MotionPlus para controlos por movimento melhorados. Na soalheira Wuhu Island, os jogadores puderam experienciar atividades desde esgrima a tiro com arco de formas inéditas graças ao Wii MotionPlus. Nesse ano, o jogo integrou um Wii Sports Resort Pak de edição limitada com a versão preta da Wii.

Wii Fit regressou numa nova forma, com Wii Fit Plus a oferecer aos utilizadores mais formas de controlar o progresso dos seus exercícios. A adição de uma ferramenta de contagem de calorias e a opção de personalizar exercícios em função das necessidades pessoais do jogador asseguraram aos utilizadores a melhor forma de fazer exercício enquanto se divertiam.

Novembro foi o mês do lançamento de New Super Mario Bros. Wii, que ofereceu a primeira experiência para quatro jogadores numa aventura Mario, deixando os jogadores experientes ajudarem os novatos ao tomarem de assalto o castelo de Bowser e servindo uma expansão contínua de novos públicos, assim como fãs de longa data de Mario. Foi também o primeiro jogo a introduzir a funcionalidade Super Guide, que permitiu aos jogadores com dificuldades em avançar num nível específico deixar que Luigi acabasse o nível por eles, evitando assim ficarem presos numa parte do jogo.

2010

Em janeiro, a Nintendo anunciou que iria distribuir Monster Hunter Tri para a Wii na Europa, como parte de um esforço contínuo de oferecer apoio a títulos de grande qualidade de outras editoras. Com a possibilidade de jogo online gratuito e compatibilidade total com o Wii Speak, o fenómeno japonês fez a sua estreia numa consola Nintendo.

Fevereiro foi o mês do lançamento de um pacote de edição limitada que incluía a Nintendo DSi cor-de-rosa e Nintendo presents: Style Boutique, o jogo de 2009 que permite aos jogadores ver como é por dentro o mundo da moda.

A série Nintendo DS cresceu ainda mais, desta vez também em tamanho, quando a Nintendo DSi XL apresentou ecrãs maiores, um ângulo de visualização mais amplo que a torna adequada para diversão conjunta, assim como um stylus maior e mais confortável e Nintendo DSiWare pré-instalado.

No mesmo mês Pokémon HeartGold Version e Pokémon SoulSilver Version juntaram-se à consola nas prateleiras das lojas, sendo que em abril a família de consolas Nintendo DS recebeu WarioWare: Do It Yourself.

No verão foi a vez de Super Mario Galaxy 2 chegar à Wii. A sequela de Super Mario Galaxy, de 2007, incluía melhorias, o regresso de Yoshi e mais possibilidades de jogo baseadas em gravidade. Em agosto a Nintendo continuou a expandir o seu público com o lançamento de Art Academy: Learn Painting and Drawing Techniques with Step-by-Step Training. Graças ao Ecrã Tátil da Nintendo DS, até pessoas sem uma veia artística reconhecida puderam aprender a criar obras de arte impressionantes. Em setembro a famosa caçadora de recompensas da Nintendo fez a sua aparição na Wii, em METROID: Other M.

Neste mesmo mês um outro ícone dos videojogos atingiu um marco e a Nintendo deu início às comemorações do 25.º aniversário de Super Mario. Para assinalar um quarto de século desde o lançamento do primeiro Super Mario Bros. no Japão, foram disponibilizados vários pacotes de edição limitada.

As comemorações terminaram com o lançamento da "Super Mario All-Stars 25th Anniversary Edition" para a Wii em dezembro, o mesmo mês em que o seu velho adversário chegou novamente às lojas em Donkey Kong Country Returns, também para a Wii.

 

2011

No início de 2011 os fãs da Nintendo deram as boas-vindas a uma nova consola: a Nintendo 3DS, que lhes permitia jogar em 3D sem a necessidade de óculos especiais. A consola portátil foi lançada juntamente com uma lista de grandes títulos desenvolvidos pela Nintendo, como Pilotwings Resort e nintendogs+cats, a que se juntaram em maio Steel Diver e Dead or Alive Dimensions, distribuídos e comercializados na Europa pela Nintendo. Os fãs da Wii, porém, não foram deixados de fora, já que em fevereiro puderam assistir ao lançamento de Mario Sports Mix e Kirby’s Epic Yarn.

A Nintendo continuou a melhorar a oferta de títulos e aplicações para a Nintendo 3DS ao longo do ano, dando aos utilizadores acesso a conteúdos exclusivos, como clássicos no serviço Consola Virtual e mais de mil títulos Nintendo DSiWare, com o lançamento da Nintendo eShop, em junho. No mesmo mês os utilizadores da Nintendo 3DS tiveram também a oportunidade de jogar uma nova versão do clássico The Legend of Zelda: Ocarina of Time, desta vez em 3D, com gráficos reformulados e controlos por movimento.

Já para a Wii chegou finalmente, em agosto, o aguardado Xenoblade Chronicles. Este RPG ofereceu aos fãs um inovador sistema de combates, personagens ricas e um envolvente mundo para explorar. Os utilizadores da Nintendo DS, por sua vez, puderam contar com títulos como Inazuma Eleven, um jogo de futebol com elementos RPG desenvolvido pela LEVEL-5, já conhecida pelos jogos Professor Layton.

Em 2011 foi a vez de a série The Legend of Zelda completar 25 anos e a Nintendo não deixou passar a ocasião. A campanha de aniversário incluiu uma vasta gama de atividades, entre elas o lançamento de período limitado de "The Legend of Zelda: Four Swords Anniversary Edition" no serviço Nintendo DSiWare e, mais tarde, um concerto especial no qual uma orquestra sinfónica interpretou os temas da série. Em novembro The Legend of Zelda: Skyward Sword para a Wii chegou às lojas, juntamente com um Comando Wii Plus dourado de edição limitada, finalizando assim as comemorações do 25.º aniversário da série.

Os meses de novembro e dezembro ofereceram experiências para todos, com os novos mundos de SUPER MARIO 3D LAND e as novas pistas de Mario Kart 7, a que se juntaram, ainda, títulos como Professor Layton and the Spectre’s Call, Kirby’s Adventure Wii e Pullblox.


2012

O ano de 2012 voltou a ser determinante para a Nintendo, graças à chegada da inovadora Wii U ao mercado. A irmã mais nova da Nintendo 3DS, a Nintendo 3DS XL, foi também lançada.

The Last Story, um RPG épico dos criadores de Final Fantasy, chegou à Wii em fevereiro, o mesmo mês em que foi transmitida a primeira apresentação Nintendo Direct, destinada a estabelecer uma relação mais direta com os fãs. Em março Mario Party 9 e PokéPark 2: Wonders Beyond foram lançados para a Wii, ao passo que uma icónica personagem, o Pit de Kid Icarus, voltou a entrar em cena em Kid Icarus: Uprising para a Nintendo 3DS.

A Nintendo 3DS XL, a consola portátil da Nintendo com os maiores ecrãs de sempre, chegou ao mercado em julho. Este acontecimento protagonizou um verão em cheio, marcado pelo lançamento de vários títulos em sucessão: o jogo de ação e ritmo Beat the Beat: Rhythm Paradise para a Wii, o estratégico Pokémon Conquest e New Art Academy, que continuou a ensinar um novo leque de técnicas artísticas. Em agosto foi a vez de New Super Mario Bros. 2 chegar às lojas para desafiar os fãs de Mario a apanharem um milhão de moedas de ouro!

Em outubro mais dois títulos da adorada série Pokémon, Pokémon White Version 2 e Pokémon Black Version 2, chegaram à Nintendo DS, ao passo que o famoso arqueólogo Layton regressou em Professor Layton and the Miracle Mask para a Nintendo 3DS.

Em novembro deu-se o lançamento de uma nova consola de uso doméstico: a Wii U. A primeira consola de sala com gráficos em alta definição trouxe um inovador comando, o Wii U GamePad, cujo segundo ecrã oferece novas possibilidades de jogo e formas de interação em casa. A acompanhar este lançamento estiveram New Super Mario Bros. U e Nintendo Land, ambos ideais para sessões de jogo com toda a família e amigos.


2013

O ano de 2013 voltou a ser marcante no que diz respeito a lançamentos tanto para a Nintendo 3DS como para a Wii U.

Em março, Luigi's Mansion 2, a sequela do clássico título de lançamento da Nintendo GameCube, chegou à Nintendo 3DS como parte das comemorações dos 30 anos do famoso irmão do Mario, dando início ao "Ano de Luigi".

A Nintendo trabalhou também em colaboração com a TT Games para lançar dois títulos LEGO: LEGO® CITY Undercover para a Wii U e a sua prequela, LEGO® CITY Undercover: The Chase Begins para a Nintendo 3DS. Em abril a estratégia chegou à Nintendo 3DS na forma de Fire Emblem: Awakening e em maio a consola portátil recebeu, ainda, uma dose dupla de Donkey Kong: Donkey Kong Country Returns 3D e Mario and Donkey Kong: Minis on the Move, disponível exclusivamente para download na Nintendo eShop.

O novo título da série Animal Crossing chegou à Nintendo 3DS em junho. Animal Crossing: New Leaf deu aos jogadores a possibilidade de se tornarem presidentes da Câmara da sua própria cidade, enquanto o "Ano de Luigi" prosseguia em força com o lançamento de Mario & Luigi: Dream Team Bros. para a Nintendo 3DS e New Super Luigi U para a Wii U. O antecipado Pikmin 3, o primeiro original na série Pikmin em quase dez anos, chegou também à Wii U em julho.

Em agosto a Nintendo lançou o jogo de ação The Wonderful 101 em colaboração com a PlatinumGames Inc. e outubro trouxe experiências tanto novas como nostálgicas. Para a Wii U foi lançado The Legend of Zelda: The Wind Waker HD, uma recriação em alta definição do clássico lançado originalmente para a Nintendo GameCube em 2013. A este seguiu-se um título exclusivo da série Sonic the Hedgehog: Sonic Lost World, para a Wii U e a Nintendo 3DS. Os utilizadores da Wii U terminaram o mês de outubro em ambiente de festa, com Wii Party U e Wii Karaoke U by JOYSOUND.

Em outubro foi também a vez de a Nintendo 2DS, a nova consola portátil compatível com todos os jogos lançados para a Nintendo 3DS em 2D, chegar às prateleiras. Com ela vieram novos títulos Pokémon - Pokémon X e Pokémon Y - com novos Pokémon e mistérios para desvendar na espetacular região de Kalos.

Em novembro SUPER MARIO 3D WORLD, o primeiro jogo de plataformas Mario multijogadores em 3D, foi lançado para a Wii U. Nos meses frios do ano, esta consola recebeu também um trio de títulos de desporto: Mario & Sonic at the Sochi 2014 Olympic Winter Games, Wii Fit U e Wii Sports Club.

A Nintendo 3DS terminou o ano em grande graças ao aguardado lançamento de The Legend of Zelda: A Link Between Worlds. No domínio das aplicações, um guia áudio do Museu do Louvre foi disponibilizado na Nintendo eShop da Nintendo 3DS. E, finalmente, o RPG da Square Enix Bravely Default chegou à Nintendo 3DS.


2014

Em 2014 a Nintendo continuou a oferecer experiências únicas a jogadores em todo o mundo, lançando, ao longo do ano, títulos para todos os gostos e níveis de experiência.

Em janeiro, o lançamento de Mario Party: Island Tour trouxe para a Nintendo 3DS uma festa imperdível, enquanto no mês seguinte jogos de todos os géneros chegaram às lojas. Steel Diver: Sub Wars ofereceu estratégia subaquática, Inazuma Eleven 3: Team Ogre Attacks! fez as delícias dos fãs de futebol e RPG e Donkey Kong voltou a dar o ar da sua graça em Donkey Kong Country: Tropical Freeze para a Wii U.

Muitas das séries que tornaram a Nintendo popular reapareceram também com novos títulos: Yoshi's New Island, Professor Layton vs. Phoenix Wright: Ace Attorney, Mario Golf: World Tour e Kirby: Triple Deluxe, todos eles para a Nintendo 3DS. Mas também os utilizadores da Wii U puderam contar com muito por onde escolher, com a chegada de clássicos lançados originalmente para a Game Boy Advance ao serviço Consola Virtual, em abril, a que se seguiu o lançamento do aguardado Mario Kart 8, em maio. A estreia da série Mario Kart em alta definição foi alvo das melhores críticas e vendeu mais de 1,2 milhões de cópias em todo o mundo apenas no primeiro fim de semana após o seu lançamento.

Em junho Tomodachi Life deu a possibilidade aos utilizadores das consolas Nintendo 3DS e 2DS de importarem para a sua própria ilha as personagens Mii das pessoas do seu mundo real. No mesmo mês foram anunciadas, no Digital Event na E3, novidades como as figuras interativas amiibo para utilizar com títulos compatíveis, como Super Smash Bros. for Wii U.